Bluebird animation based on Charle’s Bukowski’s poem

Charles Bukowski – Bluebird

there’s a bluebird in my heart that
wants to get out
but I’m too tough for him,
I say, stay in there, I’m not going
to let anybody see
you.
there’s a bluebird in my heart that
wants to get out
but I pur whiskey on him and inhale
cigarette smoke
and the whores and the bartenders
and the grocery clerks
never know that
he’s
in there.

there’s a bluebird in my heart that
wants to get out
but I’m too tough for him,
I say,
stay down, do you want to mess
me up?
you want to screw up the
works?
you want to blow my book sales in
Europe?
there’s a bluebird in my heart that
wants to get out
but I’m too clever, I only let him out
at night sometimes
when everybody’s asleep.
I say, I know that you’re there,
so don’t be
sad.
then I put him back,
but he’s singing a little
in there, I haven’t quite let him
die
and we sleep together like
that
with our
secret pact
and it’s nice enough to
make a man
weep, but I don’t
weep, do
you?

Anúncios

2 pensamentos sobre “Bluebird animation based on Charle’s Bukowski’s poem

  1. Pássaro Azul

    Existe um pássaro azul no meu coração que
    quer sair
    mas sou tão duro para ele
    que digo,fica aí, eu não estou partindo
    para deixar alguém ver
    você

    (Henry Chiinasky)

    ****************
    Fico feliz em saber q tem mais pessoas apreciando as “patadas” do Vellho Capitão Buk até me animei pra postar minhas tentativas de tradução lá do orkut pro P&C futuramente

    abços Ivan
    Fabio
    *****
    Consumação dos pesares

    Sempre escuto as montanhas
    o modo que elas riem
    pra cima e pra baixo suas marges melancólicas
    e debaixo d’ água
    o peixe clama
    e na água
    estão suas lágrimas
    noites afora eu bebo
    e a tristeza se torna tão imensa
    escuto-a em meu relógio
    torna-se botões sobre minha roupa
    torna-se revestimento no piso
    torna-se uma calçadeira
    um cupom de lavanderia
    torna-se
    fumaça de cigarro
    escalando um santuário de escuras vinhas….
    não importa nem um pouco
    um amor muito pequinino não é tão ruim
    ou uma pequinina vida
    a qual leva em conta
    ficar esperando sobre os muros
    nasci pra isso
    nasci para sacudir rosas abaixo das alamedas da morte

  2. Eu conheci um gênio

    Conheci um gênio no trem
    hoje
    aproximadamente 6 anos de idade,
    se sentou ao meu lado
    e nisso o trem
    desceu rapidamente pela costa
    nós contemplamos o oceano
    e então ele me fitou
    e disse,
    Isto não é bonito.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s