Ó!

(redondilha menor da gente)

no tempo passado
a gente brincava,
chorava de dar
dó.

no tempo presente,
andando de lá
e no sempre cá:
só.

no tempo futuro,
a gente sonhava,
sem nem que pensasse:
nó.

no tempo eterno,
nós somos palermas,
no final, virar
pó.

2 pensamentos sobre “Ó!

  1. Rafael,

    Esse poema é muito criativo e tem um toque refinado, apesar de ser bem acessível a compreensão.Mandou muito bem!

    Obrigado você por ter aceito nosso convite

    Agora quem merece “os louros” pela iniciativa e planejamento do site é nosso amigo Ivan Santos, artisticamente conhecido como Ian Salvador.Bem, acho que você se identificaria muito como os textos deles então se “pintar curiosidade” acesse o link atualizado:

    http://www.kaleidoscopioinverso.blogspot.com

    Um abço

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s