Conspiração Engenhosa

Atingiram o coração de um guerreiro

Um vingativo que se esconde do mundo

Com a máscara mais terrível do submundo

A interminável insensatez dum engenheiro

 

Constrói um bloqueio de tamanho derradeiro

Mas na verdade cavam um tumulo profundo

Engenheiro demolidor do sonho moribundo

Já não posso agüentar, entrego-me por inteiro.

 

Há homens que não se entregam por orgulho

Igualam-se a grande massa em um mergulho

Quando vêem que esse caminho é fútil

 

Arranha céus… Arranhando minha natureza

Arquiteto da conspiração visivelmente inútil

Tire a máscara e mostre sua enganosa beleza.

Ali Omar Ayoub 2008

Anúncios